Infecções Sexualmente Transmissíveis: contágio, sintomas e prevenção - TV Jangadeiro

Jangadeiro FM

BandNews FM

TV Jangadeiro

Infecções Sexualmente Transmissíveis: contágio, sintomas e prevenção

por nicole.duarte - 05/12/2023 às 10:27

No Ceará, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, foram registrados cerca de 1650 novos casos de HIV e 742 de AIDS em 2023. (Foto: reprodução)

Você sabia que dezembro é conhecido como o mês de conscientização e prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis? A iniciativa nacional busca mobilizar a população na luta contra o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e outras doenças, além de quebrar os estigmas relacionados às patologias.

No Ceará, segundo a Secretaria de Saúde do Estado, foram registrados cerca de 1650 novos casos de HIV e 742 de AIDS em 2023.

No entanto, existem outras ISTs que necessitam de atenção. São elas: herpes genital, sífilis, HPV, hepatites B e C, gonorreia, clamídia e tricomoníase.

TRANSMISSÃO

O seu contágio acontece principalmente pelo contato sexual sem preservativo, do qual pode causar lesões nas partes íntimas, infertilidade e até mesmo câncer de útero/pênis. Mas, a interação de mucosas com secreções contaminadas também podem propagar a contaminação.

Embora 64,1% das pessoas que convivem com o vírus já tenha sofrido algum tipo de discriminação ou comentários ofensivos, segundo pesquisa realizada pelo “Índice de Estigma em relação às pessoas vivendo com HIV/AIDS – Brasil”, o diagnóstico não deve ser tomado como uma sentença de morte.

“Antes, o diagnóstico de HIV era uma sentença de morte. Isso mudou a medida que os tratamentos mais potentes foram sendo disponibilizados. Agora temos drogas mais seguras, com menos efeitos adversos e que aumentam a expectativa de vida do paciente”, afirma o infectologista, Lauro Perdigão.

SINTOMAS

De acordo com o MS, os principais sintomas causados pelas ISTs são: feridas, corrimentos, verrugas genitais, dores pélvicas, ardor ao urinar e aumento de ínguas.

PREVENÇÃO

O uso da camisinha continua sendo a melhor forma de prevenção, além da vacinação contra a HPV e hepatite. No Ceará, o Hospital São José, rede pública de saúde referência no estado, disponibiliza todo tratamento gratuito para tratamento de HIV/AIDS.

“Temos também medicações como a PrEP, que previne a infecção pelo HIV. Conseguimos também avançar muito na transmissão de mãe para filho, na transmissão vertical durante o pré-natal”, finalizou o médico.

Jangadeiro FM

BandNews FM